Publicado por: paneleiros | 14/02/2012

Novo integrante da Kombosa!!!!

Hari Kauí Ki Jay!!!!!!!!

 

Publicado por: paneleiros | 13/10/2011

Fotografias @ paneleiros

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros
paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros

                                  

    Brasil em 4 anos            Euro Trip
        2006 a 2009                    2011 

                                 

  Trip dos Paneleiros      Asuriní do Xingú
             2010                       2009, 2011

Publicado por: paneleiros | 13/10/2011

Kombosa Formosa e Paneleiros pelo Brasil

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros paneleiros 

Publicado por: paneleiros | 10/09/2011

Alimentos Regionais Brasileiros

Cartilha desenvolvida pelo Ministério da Saúde em 2002.

Clique no link para Download: Alimentos Regionais Brasileiros

Publicado por: paneleiros | 10/09/2011

Nega Maluca da Inês

.

Ingredientes:

4 xícaras FARINHA DE TRIGO
2 colheres (sopa) FERMENTO EM PÓ
1 1/2 colheres (sopa) AÇÚCAR
1/2 xícara ÓLEO
1 pitada SAL
4 GEMAS “Ovos Caipiras” (separar as claras)
2 xícaras CHOCOLATE EM PÓ
1 1/2 xícara ÁGUA FERVENDO
.
Preparo:

Pré-aquecer o forno.
Mesclar todos os ingredientes, com exceção das claras.
Bater as claras em neve.
Bater a mistura anterior em batedeira e misturar com as claras em neve.
Assar em forno médio 180C.
.
Cobertura:
.
6 colheres (sopa) CHOCOLATE EM PÓ
4 colheres (sopa) AÇÚCAR
1 colher (sopa) MANTEIGA
1 colher (sopa) LEITE
.
Ferver e cobrir sobre o bolo após assado!

Delícia!!!

Publicado por: paneleiros | 20/06/2011

Nós

O projeto “Paneleiros” consiste em realizar expedições pelos estados brasileiros em busca das verdadeiras identidades da gastronomia brasileira. Profissionais da alimentação tem como intenção desbravar e promover o patrimônio gastronômico brasileiro.

Com destaque aos produtos da terra – terroir –, as receitas típicas (desde as quase extintas técnicas indígenas às heranças do período colonial e demais influências alemãs, italianas, africanas, japonesa, etc) e à formas cada vez mais ecológicas e sustentáveis de viver em Harmonia com a Mãe Natureza e em respeito e unidade com o Universo.

Ao visitar regiões brasileiras e os moradores locais, vive-se cotidianos e compreende-se, muitos de seus patrimônios culturais. Em lugares inusitados, vêm a tona histórias locais, suas origens, raízes, costumescrençashábitos culturais e alimentares, seguindo de seus ingredientes, receitas, músicas, festas típicas e tradicionais.

Através destas vivências diretas, estão sendo registrados ao longo dos anos, textos, fotos e vídeos. E um grande acervo de arquivos para estudos, pesquisas, produções, exposições, palestras, aulas, livros, documentários e divulgação, estão a disposição.

Seja bem-vindo à Trip:

 RS   SC   PR   SP   RJ  MG   BA   SE PA

.

Destaca-se:

.

  • A Culinária Indígena, Os Asurini do Xingu, Altamira – Pará, Brasil 2011.
  • Coqueiros, araras e cajús, Aracajú/SE 2010.
  • Cozinha Solar, Sustentabilidade e Energias Renováveis em Aracajú/SE. Projeto do amigo Dr. Paulo Mário Araújo, em Outubro de 2010.
  • A Culinária dos Sertões. Chapada Diamantina/BA, 2o. semestre de 2010.
  • Expedição pela Estrada Real no 1º semestre de 2010, com visitação as cidades do Rio Janeiro, Paraty , Petrópolis no RJ e Caxambu, Baependi, São Tomé das Letras, São João del Rey, Tiradentes, Ouro Preto, Mariana, Serro, Milho Verde, Diamantina e Montes Claros em Minas Gerais.
  • Produção do Queijo Minas Padrão, na cidade de Serro/MG.
  • Culinária Caiçara. Café com cana, pirão e farinha. Ilha Bela/SP,  São Sebastião/SP,  Ubatuba/SP e  Paraty/RJ, no 1o. semestre de 2010.
  • Temporada de Inverno 2009 na Serra Gaúcha pelas cidades de Gramado/RS, Canela, Caxias, Bento Gonçalves, Cambará do Sul e São Francisco de Paula/RS.
  • Alimentação Indígena da tribo Asurini do Xingu no Pará no ano de 2009.
  • Visitação aos Mercados Municipais: Mercado-ver-o-Peso em Belém/PA,  Mercado Municipal de Altamira/PA, Mercado Municipal de Montes Claros/MG, Mercado Velho em Diamantina/MG, Mercado Municipal de Brumado/BA, Mercado Público em Porto Alegre/RS, Mercado Municipal Paulistano/SP em 2009.
  • Jantar Menu Degustação “Chefs do Jantar do Século” para Ferran Adriá, Martin Berasategui, Irmãos Rocca, Quique Dacosta, e outros no Restaurante  Maní com Daniel Redondo e Helena Rizzo – São Paulo/SP, 2009.
  • Barreado, Bananas e o Povo Caboclo, em Morretes/PR em 2008.
  • A Influência da Imigração Alemã em Santa Catarina em visitas em 2008 e 2010 nas cidades de Blumenau, Joinville, Pomerode/SC.
  • A Pesca de Siri e do Camarão Laguna do restaurante familiar, Restaurante Pratos da Glória, no município de Laguna/SC em 2007.
  • A Serra Catarinense:  Urubici e Bom Jardim da Serra em 2007.
  • Cultivo de Ostras e Mariscos em Florianópolis/SC em 2007.

. .

“Nós somos o que viajamos”.

.

“E o que evoluímos…”

Em breve um novo vídeo, com receitas vegetarianas, comida indígena, alimentação viva, natureza, animais e muitos anjos! … … …

.

.

.

Publicado por: paneleiros | 08/02/2011

Frutas da Estação: menos agrotóxico e mais sabor

Mercado São Benedeto – Sardegna/ITA

 

Jan / Fev /
Mar
Abr/ Mai / Jun
Jul / Ago / Set
Out / Nov / Dez
bacate
Abacate
bacate
Abacaxi
Abacaxi
Banana-D´Água
Banana-Prata
Banana-Prata
Banana-Prata
Banana-Maça
Banana-Maça
Goiaba
Banana-Maça
Coco
Banana-D´Água
Laranja Natal
Caqui
Limão
Goiaba
Laranja Pera
Figo
Laranja Lima
Jaboticaba
Manga
Fruta-de-Conde
Laranja-da-Baía
Laranja Lima
Mamão
Jaca
Laranja Seleta
Melão
Melão
Limão
Maça
Melancia
Uva
Maça
Mamão
Morango
Manga
Maracujá
Tangerina
Maracujá
Tangerina
Melancia
Mamão
Pêra
Uva
Caju
Goiaba
Melão
Pêssego
Laranja Pera

Mercado La Boqueria – Barcelona/ESP

Feira de Rua em Parma/ITA

Feira Livre – São Paulo/SP

Publicado por: paneleiros | 30/01/2011

Masalas

Os novos temperos que vêm sendo distribuídos pelos Paneleiros ao longo de suas viagens pelo Brasil!

São 03 variedades de temperos indianos tradicionais, que levam em sua composição a mistura de selecionadas especiarias – todas tostadas lentamente e trituradas até virarem pó, para serem usadas nas mais diversas preparações, agregando deliciosos sabores e aromas a receita.

A linha conta com:

Sweet Masala (masala doce, para sobremesas, batidas, cremes, sucos, etc);

Garan Masala (masala ‘quente’, uma seleção de 21 especiarias, incluindo pimentas, para as mais diversas preparações culinárias salgadas);

Masala (mix de 16 condimentos aromáticos e muito saborosos, para aqueles que preferem condimentar e não apimentar demais a comida);

e o famoso Chai Masala (Tradicional Chá Indiano com cardamomo, anis estrelado, cravo, canela e gengibre, preparado com leite e mel)

São temperos especiais que proporcionam um sabor único aos alimentos.

Possuem inúmeros princípios ativos com propriedades medicinais. Um deles está ligado ao sistema digestivo, ao estimular a produção de enzimas envolvidas na digestão. Ainda, muitas destas especiarias, têm a capacidade de contribuir para os sistemas respiratórios, circulatórios, entre outros.

Pesquise e experimente!

Publicado por: paneleiros | 30/01/2011

Os Asurini do Xingú

Em março iremos mais uma vez, à Amazônia para uma experiência enriquecedora e cheia de aventuras.

O destino é Altamira no Pará, onde pegaremos um barco que percorrerá o Rio Xingú por 4 a 5 horas, em direção ao Koatinemo -, local de moradia da Tribo Indígena Asurini do Xingu.

Este ano, estamos encubidos de participar da produção do livro: “Arte e Alimentação Indígena dos Asurini do Xingu”, coordenado pela amiga, ‘mãe’, professora e antropóloga Regina Muller.

Esta viagem tem o intuito de seguir com os registros culinários, já iniciados em Abril de 2009, porém desta vez com o foco especial para o produto sazonal atual, o Milho e suas receitas de farinhas e mingaus.

Para quem desconhece esta Tribo, bem como tantas outras existentes, aqui está a sugestão de um belo site “Povos Indígenas no Brasil” que mostra a surpreendente vida desta tribo indígena, os Asurini do Xingu, que pelo fato de ser recentemente contactada (em comparação com as demais tribos conhecidas), carrega ainda traços fortíssimos de sua cultura original.

Na primeira experiência que tivemos entre os Asurini, traçamos uma grande marca divisória do antesdepois, na linha do tempo de nossas vidas. Não há como esquecer os inúmeros ensinamentos silenciosos que recebemos do grupo que, talvez, possua os rostos mais sinceros com que já nos deparamos.

É muito verdadeira a afirmação de que, só nos conhecemos verdadeiramente quando nos deparamos com o desconhecido. Não foi diferente ao entrarmos em contato com esta especial e milenar e, por pouco, quase extinta tribo indígena, localizada no coração da Amazônia.

Com a graça das forças Superiores, haverá de sair o tão sonhado Livro da Alimentação Indígena dos Asurini do Xingú, Pará, Brasil, que tratará a respeito desta sábia cultura, que demoramos tanto em perceber o seu valor e que nem sequer mais temos contato no  ‘mundo moderno’ atual.

O livro tratará, também, como ao longo de mais de 3 décadas, Regina Muller vem batalhando para fortalecer, incentivar, registrar e preservar esta belíssima cultura. Também contará a história de como a antropóloga veio, através do destino, se encontrar com 2 jovens cozinheiros, sedentos pelas verdadeiras raízes da gastronomia brasileira, e juntos realizarem um mesmo sonho.

O que podemos dizer, é que as grandes estrelas são eles, que estão lá no meio do que ainda resta da Mata Amazônica, em um ambiente de pura harmonia com os elementos; plantando, caçando, pescando, construindo casas, redes, cestos, ornamentos, como faziam há milhares de anos atrás. E, pelo que percebemos, não nos resta muito mais tempo, para registrar esta tão equilibrada formatação de vida em sociedade…  atualmente tão ameaçada por madereiros, fazendeiros e o tão falado projeto da Usina Hidrelétrica de Belo Monte (veja o vídeo).

Que as forças Divinas acompanhem a todos nós. Acreditemos ou não.

Pará, ai vamos nós!

 

Livro: Os asuriní do Xingu - História e arte de Regina Polo Müller

Estabelecimentos localizadas no município de São paulo e que geram mais de 200 litros – dois sacos pretos grandes – de lixo por dia são consideradas grandes geradoras e são obrigados a contratar coleta privada.

A prefeitura paulistana ameaça fechar quem não obedecer a lei e podem até ter o alvará cassado, caso não recolham seus próprios resíduos. A punição está em vigor desde sexta-feira (07/01). Aprovada como lei municipal em 2002, foi regulamentada em decreto pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM), em novembro de 2010.

Restaurantes, bares, hotéis, padarias e lojas geradores de grandes desperdícios que se cuidem!

Leia mais em:
http://www.akatu.org.br
.
Fonte:  Instituto Akatu,  pelo consumo consciente.
.

Assista filme relacionado:

Estamira – vencedor de 25 Prêmios

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.